Ir ao Início

Vidros

Cuidados a ter para a instalação dos Vidros nas Janelas

Os vidros devem colocar-se de forma a que em caso algum sofram esforços devido a:

  • Contracções ou dilatações do próprio vidro. 
  • Contracções, dilatações ou deformações dos caixilhos que os fixam, próprias de sua natureza e/ou construção. 
  • Deformações aceitáveis e previsíveis no assentamento do material, como podem ser as flechas dos elementos resistentes.

Outros conselhos sobre vidros

  1. Os caixilhos fixos ou de abrir devem ser capazes de suportar sem deformações o peso dos vidros que recebem, e não se deformarem de maneira permanente por pressões de vento, alterações por corro-são, limpeza, etc.

  2. A flecha admissível na caixilharia não deve exceder os 1/200 do lado sujeito à flexão, para vidros simples, e de 1/300 para os vidros duplos, para que possa considederar-se como apoio para o vidro.

  3. Os vidros não devem ter contacto entre si, evitando-se igualmente contactos vidro-vidro, vidro-metal e vidro-betão. A parte destinada a receber o vidro designa-se ranhura.

  4. O posicionamento correcto dos vidros dentro dos respectivos caixilhos é assegurado pelas cunhas do vidro. Isto consegue-se por meio de calços pontuais que evitam o contacto entre o vidro e o caixilho, e transmitem a este nos pontos adequados o peso do vidro.

  5. O correcto calçamento do vidro é fundamental para o bom funcionamento da janela, e é determinante para que uma janela abra e feche bem.

  6. As características dos calços são estabelecidas pela norma UNE 85- 222 e a sua situação para os diferentes tipos de abertura.

  7. Excepto para os aros com eixo de rotação vertical, os calços de apoio C1, sempre em número de dois, situam-se a uma distância dos cantos igual a L/10, sendo L o comprimento do lado onde se localizam.

  8. Nos caixil hos com eixo rotativo vertical, está previsto um só calço de apoio C1, situado:
    - No lado próximo da dobradiça no caixilho de abrir.
    - No eixo giratório para o caixilho basculante.

  9. Após a colocação do vidro, só faltará voltar a encaixar e proceder ao isolamento da janela. No isolamento, para dar estanqueidade à união entre a janela e o muro, isolaremos a folga perimetral pela parte exterior da janela com silicone neutro.


Logo de la certificación AENOR de Empresa Registrada
Logo de la certificación AENOR de Gestión Ambiental